Plantas para Área Interna

Plantas para área interna:

Plantas dão vida ao local e assumem a função de peças de decoração vivas dentro dos ambientes. Os benefícios da ambientação somam-se aos de bem estar e em muitos casos de saúde propriamente ditas já que estudos revelam que algumas espécies ajudam na purificação do ar e retenção de partículas poluentes do mesmo. Estudos estes muito usados para ambientação principalmente em áreas de escritórios comerciais.

O único limite para seu uso é a escolha das espécies adequadas já que em interiores as plantas não têm sol direto, contando apenas com a claridade, que por melhor que seja a fonte de luz, é limitada.  Por conta disso, as espécies adequadas são aquelas que em seu habitat natural, os bosques, encontram-se protegidas pela sombra de árvores.

Localização

As melhores fontes de luz se encontram próximas a janelas voltadas para a face norte e leste onde há uma luminosidade melhor às plantas.

Até a um metro da fonte de luz é a faixa preferida pelas floríferas, até a dois metros é a posição ideal para as folhagens tropicais. A partir dos três metros da fonte de luz a luminosidade passa a ser insuficiente fazendo com que a planta tenha suas folhas diminuídas na tentativa de não morrer e acabam em questão de meses não resistindo.

Um teste simples é tentar ler um livro sem acender as luzes artificiais se conseguir há claridade suficiente para algumas plantas específicas para áreas internas.

Espécies adequadas

Folhagens:

  1. Árvore-da-felicidade (macho/fêmea);
  2. Ficus retusa e benjamina;
  3. Filodendros (Jibóia, Sanguíneo, Singônio, etc.);
  4. Dracenas;
  5. Cheflera;
  6. Brassaia;
  7. Palmeiras (Rhápis, Fênix, Chamedorea, Areca, etc.)
  8. Entre outras

Flores:

  1. Lírio-da-paz;
  2. Bromélias;
  3. Antúrio;
  4. Violetas;
  5. Orquídeas.